Logo

Mais uma edição do Projeto Chá da Tarde é realizada no Clube Náutico de Sete Lagoas

Consolidada na agenda de Eventos do Clube Náutico foi realizada, na última quinta-feira, dia 25/07, mais uma edição do Projeto Chá da Tarde.

Contando com um público fiel, dedicado e participativo, o projeto sempre apresenta temas de grande interesse social.

Desta vez o evento contou com a ilustre presença do Dr. Amaury Artimus da Mata.

Com o Tema “Trabalho Social e Voluntariado, um Elo de Amor ao Próximo”, Dr. Amauri falou sobre a necessidade e o bem que fazem sair da zona de conforto e se colocar à disposição e a serviço do outro, mostrando a importância sobre o amor incondicional e sobre o fazer o bem sem olhar a quem.

Com o foco no Trabalho Social e Voluntariado, e com a reflexão sobre eles, Dr. Amauri conseguiu prender as atenções e demonstrar aos associados como é grandioso, acolhedor e gratificante, um olhar de gratidão e um sorriso de quem é ajudado. “Isso não tem preço”, afirmou ele.

Os relatos sobre sua experiência à frente do Grupo Mão Amiga, além de outras associações filantrópicas, aliadas à sua habilidade artística, despertou nele a vontade em compor músicas e poemas voltados para o amor ao próximo e, com isso, ele enriqueceu essa edição do Chá da Tarde, cantando músicas de sua autoria e de Renê Guimarães, com destaque especial para a poesia PAZ, de autoria de Renê Guimarães e musicado por Dr Amaury.

A Diretoria RenovAção, através do seu Presidente Sebastião de Souza e do Vice-presidente Social, Warley Gama, ofertou ao Dr. Amauri um troféu alusivo ao Projeto Chá da Tarde, como gratidão pela sua valiosa contribuição, agradecendo muito a participação de todos os associados presentes em mais essa edição.

“Existem ações que não necessitam de leis para que possam ser aplicadas, e sim, de consciência, pois, o “SER” que tem consciência tem tudo.”
(Valter Bitencourt Júnior)

Chá da tarde - Edição julho 2019Chá da tarde - Edição julho 2019

Por Carol Zilochi

Clube Náutico de Sete Lagoas © Todos os direitos reservados.